Publicidade
Home  >  News Voltar

Girard-Perregaux - SIHH 2019Bridges Cosmos

18 de fevereiro de 2019
O grande destaque da Girard-Perregaux no SIHH 2019 foi o Bridges Cosmos, modelo que propõe um diálogo inédito entre Terra e espaço.



Cosmos é equipado com um novo movimento de manufatura, o calibre GP09320-1098, um mecanismo sem coroa, onde o ajuste manual das horas e indicações é feito através de chaves, no verso da caixa.


O modelo tem as complicações distribuídas sobre os eixos horizontal e vertical, nos quatro pontos cardeais. Ao meio-dia, as horas e os minutos; às 6, um turbilhão sob uma grande ponte de titânio negro; às 3, um globo terrestre que faz as vezes de indicador dia/noite e, às 9, uma carta celeste.


Como pano de fundo, um cristal de safira tingido, invisível à luz do dia e repleto de partículas luminescentes de hidrocerâmica à noite, criando o efeito de uma visão do céu em time-lapse.


A carta celeste às 9 horas é gravada a laser sobre um globo de titânio azul e efetua uma rotação a cada 23 horas, 58 minutos e 4 segundos, a duração exata de um dia sideral, e traz as formações estelares mais conhecidas e visíveis: as do zodíaco.


Dezenas de estrelas se conectam para traçar as doze constelações conhecidas há mais de 2.500 anos. O Cosmos, equipado com hidrocerâmica luminescente, cumpre sua vocação astronômica mesmo nas noites mais escuras. Sua representação é um dos paradoxos da astronomia e deste relógio. Com efeito, a constelação à qual pertence a Terra é a única que não se pode ver, pois está oculta pelo Sol. Finalmente, o globo celeste mostra a constelação do zodíaco invisível ao meio-dia no lado do mostrador e a visível à meia-noite no verso.


Às 3 horas, um globo terrestre completo oferece duas indicações, permitindo saber se no fuso horário local é dia ou noite. Já uma escala de 24 horas, próxima ao seu equador, proporciona uma leitura do tipo GMT.

Com 48 mm de diâmetro, a caixa do Cosmos é feita de titânio acetinado. Sob seu vidro de safira curvado bate o novo movimento a corda manual calibre GP09320, com um turbilhão da família dos Neo, com uma ponte de titânio PVD negro. No fundo, quatro pequenas chaves para dar corda, acertar a hora, ajustar o globo celeste e o globo terrestre.



Girard-Perregaux Cosmos - Ficha técnica

Movimento
Calibre GP09320-1098, turbilhão a corda manual
Indicação de horas, minutos, duplo fuso horário com dia/noite, constelações
Frequência 21.600 aph (3 Hz), reserva de marcha de 60 horas
362 componentes, dos quais 52 rubis
Diâmetro de 37,85 mm, espessura de 9,10 mm

Caixa
Em titânio acetinado, com diâmetro de 48 mm
Vidro de safira tipo "glassbox" com antirreflexos
Mostrador de safira metalizada, gravada e decorada com hidrocerâmica luminescente Ponteiros tipo Dauphine, com SuperLuminova
Fundo de safira
Resistente à água a 3 atm (30 metros)

Pulseira
Couro de aligátor azul costurada à mão, com fecho de báscula de três lâminas em titânio

Preço
345.000 Francos Suíços
 

NotíciasRelacionadas

06 de novembro de 2017
26 de outubro de 2017
05 de maio de 2017
Publicidade

BRANDPARTNERS