Adicionar aos Favoritos      Indique este Site sábado, 19 de outubro de 2019                                                                         
notícias
Fotos divulgação
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Fotos por Carlos E. Tiburcio Ramos
Clique para zoom
Kurt Klaus, Stefan Ihnen e César Rovel durante a apresentação do Da Vinci Cronógrafo Cerâmica
Clique para zoom

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
Da Vinci Cronógrafo Cerâmica

sábado, 27 de fevereiro de 2010

No espírito do seu homônimo Leonardo da Vinci, o Da Vinci Cronógrafo Cerâmica é sinônimo de inovação e engenharia de primeira classe na sua forma mais pura. No SIHH 2010, a IWC Schaffhausen apresentou o seu movimento de cronógrafo abrigado em uma caixa de cerâmica de óxido de zircônio.


O mundo tem muito a agradecer a Da Vinci. O gênio universal da Toscana criou obras de arte incomparavelmente belas, investigou e documentou as leis da Natureza, esboçou edifícios e máquinas que estavam muito à frente do seu tempo. Inúmeros esboços mostram também o seu fascínio pela fabricação de relógios. Muitas das suas invenções pioneiras na área do mecanismo com espirais, rodas dentadas e a complicada transmissão de rosca, são ainda hoje parte integrante de muitas máquinas – mesmo dos relógios.

Fascinados e inspirados pelo espírito de Leonardo, os relojoeiros da IWC Schaffhausen editam com alguma regularidade modelos particularmente inovadores sob o nome Da Vinci.

O modelo Da Vinci de 1985 chegou mesmo a escrever um capítulo na história relojoeira. Numa altura em que o quartzo já parecia dominar a mecânica da medição do tempo, em Schaffhausen pensava-se na beleza e na força da mecânica e construiu-se um cronógrafo mecânico com calendário perpétuo, que contribuiu em parte para o renascimento do relógio mecânico.

Genialmente simples, pode resumir-se assim a construção do complicado mecanismo tal como a sua facilidade de utilização. Apenas um ano mais tarde, em 1986, a IWC Schaffhausen apresentou uma outra prova do seu espírito de inovação e construiu o primeiro relógio com uma caixa de cerâmica de óxido de zircônio, extremamente resistente, antirriscos e antichoque. A este marco na técnica de construção de caixas foi também atribuído o nome Da Vinci.

Em 2007, quando a IWC Schaffhausen apresentou o seu novo movimento de cronógrafo flyback, este estreou na totalmente renovada família Da Vinci. O mecanismo manufaturado brilha com algumas características de construção que são totalmente únicas. Deve realçar-se particularmente a indicação do tempo de parada, diferenciado de todos os modelos clássicos em favor de uma maior facilidade de utilização. Agora, é possível ler num totalizador na posição das 12 horas as horas e minutos parados, tal como se fosse uma segunda hora.

Adicionalmente, o calibre 89360 distingue-se por um sistema de corda de dupla lingueta e por uma função flyback: ao acionar o botão inferior durante a cronometragem, é possível zerar o tempo registrado e reiniciá-lo imediatamente, sem afetar o mecanismo de parada.

Um mecanismo de relógio assim tão extraordinário merece, além do fundo transparente de vidro de safira, também uma caixa diferente, continuando a família Da Vinci a inspirar-se ainda hoje na capacidade especial de Leonardo de pensar e agir de modo inovador e fantasioso, tanto em âmbito técnico como na forma. A estrutura em formato “tonneau”, que vai buscar a sua força na interação de arestas e curvas e às formas convexas e côncavas, foi agora traduzida, no novo Da Vinci Cronógrafo Cerâmica, numa combinação exclusiva de materiais como a cerâmica e o titânio.

A parte central da caixa em cerâmica do novo Da Vinci Cronógrafo Cerâmica é feita de óxido de zircônio, utilizado pela primeira vez em 1986 numa caixa de um relógio – um Da Vinci.

Devido ao difícil processamento do duro material, este modelo foi lançado apenas numa série mínima. No entanto, ao longo dos anos, os técnicos e os engenheiros foram reunindo experiência na fabricação e processamento da cerâmica, um material extremamente resistente aos riscos, antimagnético e resistente aos ácidos.

Atualmente, através da mistura de pó de óxido de zircônio e aglutinantes, é possível dar forma às caixas em bruto de um modo mais eficiente e preciso do que antes. Estes materiais são aglutinados a temperaturas entre 1500 e 2000°C e arrefecidos num processo complicado, para que a matéria-prima possa atingir todas as suas características excepcionais. Para fazer o laborioso acabamento das peças em bruto, é necessário usar ferramentas de diamante.

Hoje em dia, os especialistas da IWC dominam esta tecnologia de tal forma que o novo Da Vinci Cronógrafo Cerâmica será um modelo de coleção sem edição limitada.

A caixa destaca-se graças a um detalhe técnico muito admirado por especialistas. A sua produção é de tal maneira precisa que o mecanismo de relógio – sem o anel de retenção – pode ser colocado diretamente na caixa de cerâmica.

O aro, o fundo, os botões e a coroa de titânio tipo 5, que, ao contrário das ligas de titânio usadas pela IWC até agora, pode ser polido e acetinado, proporcionam um contraste cromático.

Além de serem extraordinariamente robustos e resistentes a arranhões, ambos os materiais, o titânio e a cerâmica, têm uma superfície sedosa e extremamente agradável ao toque. A estrutura tridimensional especial do mostrador com um “réhaut volant” - uma indicação dos minutos em formato “tonneau”, que parece flutuar no mostrador -, faz com que o mais recente modelo Da Vinci seja ainda mais atraente. Esta indicação flutuante dos minutos, uma estreia na IWC, é arqueada tal como o vidro de safira e reduz opticamente a altura do lado interior do aro. O visual é completado com uma pulseira de couro de vitela de alta qualidade que, graças a um processamento especial, apresenta uma superfície que lembra uma tela de alta tecnologia. Com o novo Da Vinci Cronógrafo Cerâmica, a IWC Schaffhausen conseguiu obter uma combinação extraordinária de alta tecnologia e elegância.



Da Vinci Cronógrafo Cerâmica - Ref. IW3766 - Características

Cronógrafo em forma “tonneau”, caixa de cerâmica, óxido de zircônio e titânio de alta tecnologia, função flyback, mecanismo automático, função de parada da hora, minuto e segundo, contador das horas e dos minutos combinado num contador na posição 12 horas, ponteiro de pequenos segundos com dispositivo de parada, indicação da data, ponteiros e índices fluorescentes.


Movimento

Calibre 89360 automático, 28.800 vph, 40 rubis, reserva de marcha de 68 horas.


Caixa

Peça central de óxido de zircônio, aro e fundo de titânio tipo 5, pulseira preta de couro de vitela, fecho de engate em aço inoxidável. Fundo transparente de vidro de safira. Coroa rosqueada, resistente à água a 3 atm. Dimensões de 44 x 52,8 x 15,1 mm.

Mostrador preto, com um “réhaut volant” protegido por vidro em safira, curvado, antirreflexo em ambos os lados.
 
Topo
Mais Notícias:
09/10/2019 - Label Noir - Uma visita à sede da Label Noir
 
09/10/2019 - Label Noir - A visit to the headquarters of Label Noir (in English)
 
04/10/2019 - Jaeger-LeCoultre - Gyrotourbillon 3 Meteorite
 
23/09/2019 - Harry Winston - Histoire de Tourbillon 10
 
10/09/2019 - Bvlgari - Baselworld 2019 - Octo Finissimo Chronograph GMT
 
09/09/2019 - Bell & Ross - Nova coleção BR 05
 
04/09/2019 - Audemars Piguet - Millenary Frosted Gold Philosophique
 
03/09/2019 - Voutilainen - Baselworld 2019 - O excepcional 28ti
 
29/08/2019 - Montblanc - Em Xangai, a Montblanc lançou seus novos relógios femininos
 
28/08/2019 - De Bethune - Baselworld 2019 - DB21 Maxichrono Réédition
 
23/08/2019 - Jaeger-LeCoultre - Polaris Date
 
19/08/2019 - Cyrus - Baselworld 2019 - Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon
 
16/08/2019 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine FlyingT
 
13/08/2019 - Greubel Forsey - GMT Quádruplo Turbilhão
 
08/08/2019 - Panerai - Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2019

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais