Adicionar aos Favoritos      Indique este Site quarta-feira, 23 de outubro de 2019                                                                         
notícias
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
Navitimer Cosmonaute

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Com uma edição limitada do Navitimer Cosmonaute, a Breitling celebra os 50 anos do primeiro cronógrafo de pulso a ter viajado ao espaço.



Em 24 de Maio de 1962, um cronógrafo Breitling Navitimer foi o primeiro instrumento de pulso a partir para a conquista do espaço, acompanhando a missão Aurora 7.

Para celebrar os cinquenta anos desta proeza histórica, a marca coloca em órbita um novo Navitimer Cosmonaute, equipado com um movimento de manufatura de alto desempenho, integralmente concebido e fabricado nas suas oficinas.

Esta série limitada de 1962 exemplares distingue-se pela exibição das 24 horas e pela corda manual – duas homenagens ao cronógrafo de 1962 – e pelo símbolo da missão Aurora 7 gravado no fundo da caixa. Assim, a lenda Navitimer Cosmonaute continua.


O batismo espacial

No início dos anos 60, a conquista do espaço era motivo de disputa entre as superpotências. Os norte-americanos lançaram o Programa Mercury, destinado a desenvolver os voos tripulados. Eles procuram um cronógrafo eficiente, preciso e fiável, capaz de resistir a condições extraordinárias. Recorrem então à Breitling, fornecedor da aviação mundial e parceiro privilegiado de momentos importantes da aeronáutica.

O Navitimer, relógio de culto de pilotos, criado em 1952, com a sua célebre régua de cálculo circular que permitia efetuar todas as operações ligadas à navegação aérea, impôs-se como um instrumento ideal para superar este desafio. Ele enfrenta todas as adversidades com êxito.

A 24 de Maio de 1962, o Tenente-Comandante Scott Carpenter efetua três órbitas ao redor da Terra, a bordo da cápsula Aurora 7. No seu pulso, um Navitimer dotado de uma graduação de 24 horas que permite distinguir o dia da noite – uma necessidade no espaço. Missão cumprida. Para a Breitling, foi uma nova consagração, e este pioneiro da conquista espacial entrou rapidamente nas coleções da marca com a denominação Cosmonaute.


O motor da proeza

O novo Calibre de manufatura 02 que equipa o Navitimer Cosmonaute distingue-se pela exibição das 24 horas e pelo sistema de corda manual – duas particularidades que evocam o modelo que acompanhou Scott Carpenter ao redor do planeta azul.

Ele foi desenvolvido pelos engenheiros e relojoeiros da Breitling, baseado no Calibre 01, atualmente um dos melhores movimento de cronógrafo do mundo, e se beneficia de todos as vantagens deste mecanismo excepcional – dotado de uma arquitetura original com roda de colunas, o máximo de fiabilidade, segurança e funcionalidade, robustez a toda prova e precisão notável, coroada por um certificado de cronômetro do COSC (Controle Oficial Suíço dos Cronômetros).

Editado em uma série limitada de 1962 exemplares, o Navitimer Cosmonaute do 50o aniversário possui um mostrador com contadores em prata. A decoração deste foi realizada com o requintado processo conhecido como “épargne” no fundo de prata maciça que assegura às indicações um brilho e uma legibilidade incomparáveis.

Além do símbolo da missão Aurora 7, o fundo gravado apresenta uma escala de conversão de graus Celsius em Fahrenheit e vice-versa – um detalhe fiel aos modelos Navitimer da época.


Navitimer Cosmonaute - Características técnicas

Movimento

Calibre de manufatura Breitling 02, cronômetro oficialmente certificado pelo COSC, mecânico de corda manual, de alta frequência (28.800 alternâncias), 39 rubis. Reserva de marcha superior a 70 horas. Cronógrafo a 1/4 de segundo, contadores de 30 minutos e 12 horas. Calendário.

Caixa

Em aço, série limitada de 1962 exemplares. Resistente até 3 atm. Aro rotativo bidirecional com régua de cálculo circular. Vidro de safira convexo, antirreflexo de dupla face. Diâmetro de 43 mm.

Mostrador

Preto, com contadores prata.

Pulseiras

Couro Barenia, couro de crocodilo, pulseira metálica Air Racer (perfurada) ou Navitimer.
 
Topo
Mais Notícias:
09/10/2019 - Label Noir - Uma visita à sede da Label Noir
 
09/10/2019 - Label Noir - A visit to the headquarters of Label Noir (in English)
 
04/10/2019 - Jaeger-LeCoultre - Gyrotourbillon 3 Meteorite
 
23/09/2019 - Harry Winston - Histoire de Tourbillon 10
 
10/09/2019 - Bvlgari - Baselworld 2019 - Octo Finissimo Chronograph GMT
 
09/09/2019 - Bell & Ross - Nova coleção BR 05
 
04/09/2019 - Audemars Piguet - Millenary Frosted Gold Philosophique
 
03/09/2019 - Voutilainen - Baselworld 2019 - O excepcional 28ti
 
29/08/2019 - Montblanc - Em Xangai, a Montblanc lançou seus novos relógios femininos
 
28/08/2019 - De Bethune - Baselworld 2019 - DB21 Maxichrono Réédition
 
23/08/2019 - Jaeger-LeCoultre - Polaris Date
 
19/08/2019 - Cyrus - Baselworld 2019 - Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon
 
16/08/2019 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine FlyingT
 
13/08/2019 - Greubel Forsey - GMT Quádruplo Turbilhão
 
08/08/2019 - Panerai - Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2019

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais