Adicionar aos Favoritos      Indique este Site terça-feira, 15 de outubro de 2019                                                                         
notícias
Clique para zoom
Ref. 25701OR.OO.0000XX.03
Clique para zoom
Clique para zoom
Ref. 26552BC.OO.D002CR.01
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Ref. 26065IS.OO.1105IS.01
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Ref. 25865ST.OO.1105ST.02

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
Royal Oak Grande Complicação

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Como parte da comemoração dos 40 anos do Royal Oak, a Audemars Piguet apresentou no SIAR 2012 uma série de fabulosos modelos Grandes Complicações.


Realizado no centro da Cidade do México, o SIAR (Salón Internacional de la Alta Relojería) em poucos anos tornou-se um dos principais eventos da cena relojoeira internacional.

A Audemars Piguet participa ativamente desde seu início em 2007. Este salão reúne as empresas relojoeiras mais influentes para celebrar a arte da medição do tempo através da apresentação de peças de exceção e de coleções de prestígio inscritas no universo da alta relojoaria.

Representa a oportunidade para os numerosos visitantes de assistir durante este grande encontro às distintas conferências temáticas organizadas. Ao mesmo tempo é, tanto para os apaixonados como para os colecionadores, uma ocasião para vibrar e, por que não, para deixar-se tentar por algumas das excepcionas peças especialmente propostas para a ocasião.

Este ano, a Audemars Piguet celebra o 40o aniversário de seu modelo icônico, o Royal Oak, mas expôs também um bom número de Grandes Complicações.


Relógio de bolso Ref. 25701OR.OO.0000XX.03, um clássico fundamental

Desde 1882, a manufatura Audemars Piguet propõe anualmente em sua coleção ao menos um relógio de Grande Complicação para atender aos colecionadores mais exigentes. Esta peça, produzida individualmente e por encomenda, é o resultado de centenas de horas de um trabalho manual meticuloso que requer da parte de seu autor um profundo conhecimento dos mistérios do ofício.

Este modo de concepção, espécie de repositório de um patrimônio artesanal mantido sem variações há 130 anos nas suas oficinas, é empregado para a produção do calibre mecânico de corda manual inserido na caixa “demi-savonette” em ouro rosa 18 quilates.

Este movimento, visível ao fundo uma vez aberto o guarda-pó e identificável como uma criação da manufatura de Le Brassus devido à sua extraordinária finura apesar de sua complexidade, requer mais de dois meses de trabalho em tempo integral (cerca de 800 horas) para montar os 620 componentes meticulosamente acabados e ajustados um a um manualmente.

Este ano, a Audemars Piguet celebra os 40 anos do Royal Oak que é, sem dúvida alguma, a referência esportiva de luxo mais célebre da história do relógio de pulso. Criado pelo designer Gérald Genta em 1972, este relógio de desenho poderoso e identificável, proposto hoje em versão de Grande Complicação, transporta a tradição relojoeira ao terceiro milênio.


Grande Complicação Royal Oak em Ouro Branco - Ref. 26552BC.OO.D002CR.01

Forte e dinâmico, o Royal Oak Grande Complicação, apresentado aqui com caixa em ouro branco, exibe uma construção sóbria e luxuosa cuja particularidade consiste em saber sugerir sem revelar em demasiado. O equilíbrio dinâmico de seu flange, reforçado pela presença do aro octogonal parafusado, realça com suas linhas tensas e sua geometria contemporânea a presença visível da mecânica do calibre de corda automática, com apenas 8,55 mm de espessura.

As medidas ideais de uma peça que exibe uma pulseira em aligátor com fecho de báscula são o marco de uma obra-prima, um legado pacientemente adquirido ao longo de 130 anos de uma tradição perpetuamente conservada.

Produzido um a um e por encomenda, este relógio excepcional, que bate ao ritmo de um calibre onde cada um dos 648 componentes foram ajustados e regulados pelo mesmo artesão, resulta da soma de mais de 700 horas de sua vida para a realização da mecânica e de mais de 120 horas de um paciente trabalho de esqueletização.

Pouco frequente, este coração de arquitetura clássica e equilibrada, produzido ao ritmo de dez exemplares ao ano, tem a particularidade de ser de uma homogeneidade extraordinária graças a seu fina espessura (8,55 mm), uma especialidade da manufatura desde sua fundação, e a sua construção tradicional, onde somente intervém “uma mão”, do princípio ao fim.

Este trabalho de paciência, sempre realizado por um único relojoeiro na oficina de Grandes Complicações, é uma autêntica obra-prima. Uma vez montada, esta magnífica criação, combinação de ao menos uma funcionalidade procedente de cada uma das três grandes famílias de complicações, bate as horas, os quartos e os minutos quando solicitado, em gongos concêntricos, afinados à mão para uma melhor acústica.

Também mostra de maneira clara as informações do calendário perpétuo e revela-se capaz de apresentar no mostrador as medidas temporais com grande precisão. Este conjunto de informações poderia ter sido suficiente, mas a Audemars Piguet adotou o costume de enriquecer a função de cronógrafo de seus relógios de grandes complicações com a função “rattrapante”, um mecanismo sutil, delicado e muito útil, que permite medir tempos intermédios ou ações com um início comum mas com distintos finais.


Grande Complication Royal Oak Esqueletizado Titânio - Ref. 26065IS.OO.1105IS.01

Tão intenso quanto imponente no pulso, o novo Royal Oak Grande Complicação, proposto com caixa em titânio combinado com um bracelete trabalhado no mesmo metal, faz deliberadamente o jogo do estilo radical. Visualmente sem ambiguidade em sua natureza primária, esta referência de linhas estilizadas e esportivas pertence à família muito exclusiva dos relógios de Grande Complicação produzidos anualmente por encomenda por um único e experiente relojoeiro que trabalha na pequena equipe de mestres relojoeiros reunidos em Le Brassus, na oficina de Grandes Complicações da Audemars Piguet.

Com o desejo de chegar cada vez mais longe, a manufatura, que domina há anos a arte de realçar os materiais, desde os mais tradicionais aos mais inovadores, lança com este modelo um relógio de Grande Complicação com elementos técnicos e contemporâneos.

Sua caixa oculta um calibre mecânico de corda automática fino e de alto desempenho, onde uma parte dos componentes permanece visível através do fundo aberto, podendo também ser observados através do mostrador produzido em safira transparente. O olhar atento identificará, através dos vazados sabiamente organizados, distintas cames, molas e alavancas, algumas das peças acabadas com um zeloso cuidado por seu único artesão, um dos poucos mestres capacitados a realizar do início ao fim uma peça desta complexidade.

Mas a visão, mesmo auxiliada nesta imersão dentro da alta relojoaria, somente perceberá uma ínfima parte dos 648 componentes necessários para o bom funcionamento deste coração automático, ultra-complexo e delicado, que integra as funções de cronógrafo com rattrapante, de calendário perpétuo e repetição de minutos.

Esta peça requer quase 700 horas de montagem, ajuste e acabamento manuais, que compreendem os angulados, os acabamentos como os perlados ou as “Côtes de Genève”, e ao menos 120 horas de esqueletização manual, e se percebe imediatamente como uma referência em matéria de equilíbrio.

A integração e a homogeneização das distintas funcionalidades e de algumas peças sensíveis como os gongos concêntricos afinados à mão foram objeto de uma profunda pesquisa destinada a conservar a fina espessura do calibre. Este tratamento, resultado de uma perícia perfeitamente dominada pela Audemars Piguet desde sua fundação em 1875, permite a este relógio de grande força gráfica que combina com harmonia a elegância e o aspecto esportivo, a leveza incomparável com a grande complexidade, impor seu estilo, encarnando os valores relojoeiros tradicionais com toda sua modernidade.


Grande Complicação Royal Oak em Aço - Ref. 25865ST.OO.1105ST.02

Proposto em aço como a peça original nascida do lápis de Gérald Genta há 40 anos, o Royal Oak Grande Complicação do 40o aniversário celebra com majestade uma referência que passou em uma geração humana de relógio de vanguarda a ícone. E o potencial prossegue, já que o instrumento aqui apresentado é um concentrado de grande técnica.

A peça combina, em um movimento ultraplano montado por um único relojoeiro, ao menos uma funcionalidade de cada uma das três grandes famílias de complicações clássicas. De fato, a manufatura Audemars Piguet acrescenta à repetição de minutos e ao calendário perpétuo a função rattrapante à do cronógrafo.

Combinação de aspecto esportivo e elegância, este instrumento de medição do tempo de uma complexidade extraordinária oculta sob seu mostrador de motivo “Tapeçaria”, feito interna e unitariamente com máquinas específicas, um movimento automático particularmente cuidado, assinado Calibre 2885. Nada menos que 648 componentes acabados com paciência, ajustados e montados em quase 700 horas, concedem alma a este relógio extraordinário.

Produzida exclusivamente por encomenda, esta peça de alta relojoaria é feita em muito pequena quantidade, já que os relojoeiros, mesmo com toda a dedicação à sua arte, não poderiam produzir mais que uma dezena destes mecanismos excepcionais por ano.

Este relógio de sonoridade cristalina, graças à presença de dois gongos situados de maneira concêntrica, capaz de apresentar de maneira perpétua (até 2100) longos períodos do calendário, preciso na medição dos tempos curtos e capaz de medir os tempos intermédios graças à presença da rattrapante, requer um trabalho muito paciente.

Obra de um só mestre, esta referência de coração ultrafino (8,55 mm) é incomum e de grande valor emocional. Isto se deve ao fato de que este relógio celebra à sua maneira e com fausto o aniversário de 40 anos da coleção Royal Oak.

De grande complexidade, esta peça única, dotada de uma massa oscilante desenvolvida especialmente para os modelos do 40o aniversário, vem, como os demais instrumentos pertencentes ao restrito círculo de instrumentos de Grande Complicação, em um estojo que contém um “piano” (espécie de caixa de ressonância para a repetição de minutos), que talentosos “luthiers” produziram com madeira de árvores “colhidas”, como eles dizem poeticamente, nos bosques que cercam a manufatura.
 
Topo
Mais Notícias:
09/10/2019 - Label Noir - Uma visita à sede da Label Noir
 
09/10/2019 - Label Noir - A visit to the headquarters of Label Noir (in English)
 
04/10/2019 - Jaeger-LeCoultre - Gyrotourbillon 3 Meteorite
 
23/09/2019 - Harry Winston - Histoire de Tourbillon 10
 
10/09/2019 - Bvlgari - Baselworld 2019 - Octo Finissimo Chronograph GMT
 
09/09/2019 - Bell & Ross - Nova coleção BR 05
 
04/09/2019 - Audemars Piguet - Millenary Frosted Gold Philosophique
 
03/09/2019 - Voutilainen - Baselworld 2019 - O excepcional 28ti
 
29/08/2019 - Montblanc - Em Xangai, a Montblanc lançou seus novos relógios femininos
 
28/08/2019 - De Bethune - Baselworld 2019 - DB21 Maxichrono Réédition
 
23/08/2019 - Jaeger-LeCoultre - Polaris Date
 
19/08/2019 - Cyrus - Baselworld 2019 - Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon
 
16/08/2019 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine FlyingT
 
13/08/2019 - Greubel Forsey - GMT Quádruplo Turbilhão
 
08/08/2019 - Panerai - Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2019

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais