Publicidade

FórumTag Heuer

A postagem de mensagens e o acesso a determinados recursos somente são permitidos a usuários registrados.
Tópico: O novo Calibre 1969
Clique aqui para navegar para o próximo tópico  Clique aqui para navegar para o tópico anterior
28/11/13 - 21:23
  Quote  #1
Mensagem por rovel
Moderador
Local: Curitiba
Cadastro: 01/01/06
Posts: 1709
Usuário nível:




Visualizar o perfil de rovel Perfil  Busca de outros posts por rovel Busca  Visite a página de rovel www
Após o lançamento em 2009 do movimento de cronógrafo automático Calibre 1887, a TAG Heuer apresenta um segundo movimento de manufatura própria, o Calibre 1969.



O novo movimento automático integrado é produzido na recém-inaugurada manufatura TAG Heuer, a quarta, situada em Chevenez, no cantão do Jura suíço. Segundo a marca, o custo total do novo projeto foi de 20 milhões de francos suíços, para um volume total de 500 movimentos em 2013, 5.000 em 2014.


O Calibre 1969 possui sistema de embreagem vertical, com frequência de 28.800 alternâncias/hora (4 Hz), reserva de marcha de 70 horas e uma variação de 4 a 6 segundos a cada 24 horas. O movimento com 6,5 mm de espessura incorpora 233 componentes suíços.

O desenho dos contadores é similar ao do Calibre 11 original da Heuer, um clássico “tri-compax”: contador de segundos central com contador de minutos do cronógrafo às 3, contador de horas às 9 e pequenos segundos às 6 horas. O calibre 1969 também conta com uma janela de calendário às 9.


A decoração conta com massa oscilante em carbureto de tungstênio negro acetinado com bordas biseladas polidas e “Côtes de Genève”. As pontes, platinas e ébauches são fabricados em Chevenez.

Ao incorporar o Calibre 1887 e o Calibre 1969 à sua produção, a TAG Heuer busca assegurar sua liderança na produção de cronógrafos. O volume de produção dos dois movimentos superou as 50.000 unidades em 2013 e alcançará as 100.000 em 2016 com base em previsões objetivas.


Com isto, a TAG Heuer se torna a marca com maior produção industrial de cronógrafos da indústria relojoeira suíça, e uma das poucas manufaturas suíças com capacidade para fabricar a totalidade de seus próprios componentes principais - não apenas os movimentos, mas também mostradores e caixas.
 
01/12/13 - 11:03
  Quote  #2
Mensagem por WilsonSP
Local: São Paulo
Cadastro: 15/03/13
Posts: 252
Usuário nível:



Visualizar o perfil de WilsonSP Perfil  Busca de outros posts por WilsonSP Busca
Prezado Rovel,

Diante do que está ocorrendo com a Tag...vejo que é uma tendência geral o desenvolvimento "in house" de mivimentos...pergunto: isso seria uma tendência provicads pela dificuldade de fornecimento imposta pela gigante ETA que em tese estaria se dedicando a fornecer apenas às empresas do Grupo Swatch?

Abraço,

Wilson


Quote: Originalmente postado por rovel em 28/11/2013 21:23:08
Após o lançamento em 2009 do movimento de cronógrafo automático Calibre 1887, a TAG Heuer apresenta um segundo movimento de manufatura própria, o Calibre 1969.


O novo movimento automático integrado é produzido na recém-inaugurada manufatura TAG Heuer, a quarta, situada em Chevenez, no cantão do Jura suíço. Segundo a marca, o custo total do novo projeto foi de 20 milhões de francos suíços, para um volume total de 500 movimentos em 2013, 5.000 em 2014.


O Calibre 1969 possui sistema de embreagem vertical, com frequência de 28.800 alternâncias/hora (4 Hz), reserva de marcha de 70 horas e uma variação de 4 a 6 segundos a cada 24 horas. O movimento com 6,5 mm de espessura incorpora 233 componentes suíços.

O desenho dos contadores é similar ao do Calibre 11 original da Heuer, um clássico “tri-compax”: contador de segundos central com contador de minutos do cronógrafo às 3, contador de horas às 9 e pequenos segundos às 6 horas. O calibre 1969 também conta com uma janela de calendário às 9.


A decoração conta com massa oscilante em carbureto de tungstênio negro acetinado com bordas biseladas polidas e “Côtes de Genève”. As pontes, platinas e ébauches são fabricados em Chevenez.

Ao incorporar o Calibre 1887 e o Calibre 1969 à sua produção, a TAG Heuer busca assegurar sua liderança na produção de cronógrafos. O volume de produção dos dois movimentos superou as 50.000 unidades em 2013 e alcançará as 100.000 em 2016 com base em previsões objetivas.


Com isto, a TAG Heuer se torna a marca com maior produção industrial de cronógrafos da indústria relojoeira suíça, e uma das poucas manufaturas suíças com capacidade para fabricar a totalidade de seus próprios componentes principais - não apenas os movimentos, mas também mostradores e caixas.






*Mensagem alterada pelo moderador rovel em 02/12/2013 11:26:53*
 
02/12/13 - 12:09
  Quote  #3
Mensagem por rovel
Moderador
Local: Curitiba
Cadastro: 01/01/06
Posts: 1709
Usuário nível:




Visualizar o perfil de rovel Perfil  Busca de outros posts por rovel Busca  Visite a página de rovel www
Quote: Originalmente postado por Wilson em 01/12/2013 11:03:06
Prezado Rovel,

Diante do que está ocorrendo com a Tag...vejo que é uma tendência geral o desenvolvimento "in house" de mivimentos...pergunto: isso seria uma tendência provicads pela dificuldade de fornecimento imposta pela gigante ETA que em tese estaria se dedicando a fornecer apenas às empresas do Grupo Swatch?

Abraço,

Wilson







Olá Wilson,

Não tenho a menor dúvida de que a produção do calibre 1969 é mais uma consequência da decisão do Swatch Group.

Vale observar que o "assortiment" (balanço, espiral, âncora, escape, etc.) será fornecido pela Atokalpa - leia-se Parmigiani Fleurier, o que reduz ainda mais a sua dependência do Swatch Group.

Abraços,
César Rovel
 
10/01/14 - 08:21
  Quote  #4
Mensagem por Girão
Local: Lisboa
Cadastro: 01/07/10
Posts: 1230
Usuário nível:




Visualizar o perfil de Girão Perfil  Busca de outros posts por Girão Busca  Visite a página de Girão www
Olá

Muito bom que haja mecanismos que não seja somente ETA, muito mais na Tag... Pelo que li, esse 1969, superou as expetativas... Ainda bem!
Por um lado espero que outros construtores de renome mundial, sigam tal exemplo.
Outros construtores (não com a dimensão da Tag) já se viraram para fornecedores de mecanismos que não ETA.

Cordiais cumprimentos a Todos os leitores da R&R
Paulo Girão
Total de Mensagens encontradas: 4
Página 1 de 1 1
Clique aqui para navegar para o próximo tópico  Clique aqui para navegar para o tópico anterior

Se você deseja postar uma resposta a este tópico deve antes efetuar login
Se você não é cadastrado clique aqui para se cadastrar