Publicidade
Home  >  News Voltar

MB&FHorological Machine No2 - Edições Finais

11 de janeiro de 2011
As coisas boas um dia chegam ao seu fim, e após três anos de sucesso, Horological Machine No2 toma pela última vez o centro do palco com duas edições limitadas finais, ambas em caixa de safira: HM2-Black SV e HM2-Red SV finalizam a coleção HM2, assegurando assim a sua exclusividade.


Apresentado pela primeira vez em 2008, Horological Machine No2 revolucionou o mundo da alta relojoaria com sua distinta caixa retangular de volume arquitetural, com duplo mostrador e construção modular.

A caixa transparente de cristal de safira do HM2-SV foi ainda mais revolucionária ao oferecer acesso visual sem precedentes ao motor de 349 componentes meticulosamente acabados à mão e que dotam de energia as indicações das icônicas cúpulas gêmeas do HM2.

As caixas de relógio de safira sintética são extremamente raras por uma boa razão. A safira mantém sua resistência a altas temperaturas, tem porosidade zero e não reage aos ácidos a menos de 300°C. Estas mesmas propriedades fazem com que seja extremamente difícil de trabalhar e exigem máquinas diamantadas muito sofisticadas (e caras) e um polimento especial para deixar transparente a superfície naturalmente opaca.

A complexa forma tridimensional da caixa do HM2-SV com seus aros, perfurações, recortes e o trilho das juntas, ampliou a tecnologia da safira muito além de seus limites convencionais. Cada caixa de safira requer ao menos 55 horas para se lixar, biselar e polir.

Apesar de ambos os modelos serem derivados do original HM2-SV, cada um deles tem sua identidade própria.

O HM2-Black SV tem uma caixa de safira, mostradores negros e platina de Titânio recoberto de PVD negro, o qual confere um fundo contrastante à arquitetura única com o motor do HM2 emoldurado por uma junta de borracha verde-elétrico claramente visível através da frente transparente. Ao se virar o relógio é revelada outra onda colorida que provém do rotor verde de ouro 22 K.

O HM2-Red SV tem na caixa de safira mostradores negros montados em uma platina de ouro rosa. Os mostradores negros, as juntas de borracha negra e o ouro rosa do verso se destacam do motor prata do HM2. Virar o relógio oferece como recompensa ao espectador o rotor em forma de machado de batalha característico da MB&F em ouro rosa 22 K combinando assim com o ouro rosa do verso do relógio.

O motor do HM2, desenvolvido pelo premiado mestre relojoeiro Jean-Marc Wiederrecht, é o primeiro movimento mecânico do mundo a oferecer horas saltantes, minutos retrógrados concêntricos, data retrógrada, fases da Lua bi-hemisféricas e corda automática.

Uma característica admirável (entre tantas) do HM2 é o mecanismo de horas saltantes/retrógrado criado por Jean-Marc Wiederrecht, o qual emprega suas exclusivas (e patenteadas) rodas de engrenagens com dentes assimétricos para assegurar alta precisão e funcionalidade livre de atrito.


A caixa de safira

Surpreendentemente, devido ao fato de não serem comuns, as caixas de safira destas edições finais têm 3,6 mm de espessura. Graças ao tratamento antirreflexo em ambos as faces - o qual efetuar uniformemente é um grande feito tecnológico - a caixa se torna virtualmente invisível e permite uma total apreciação dos múltiplos matizes do movimento.

Oito parafusos de montagem atravessam a platina de safira como pilares, passando pelas juntas de borracha que selam a frente e o verso da caixa de safira, o que enaltece a natureza arquitetônica da caixa tridimensional.

A caixa, com suas cúpulas destacadas, é tão complexa - mais de 100 componentes são necessários para sua construção - que somente pôde ser criada com um inovador método modular inspirado nos jogos de Meccano da infância de Maximilian Büsser. Em linha com os melhores princípios da engenheira, este método também facilita uma eventual restauração da caixa.


Inovações técnicas

O principal feito tecnológico na criação do movimento foi garantir que as horas saltantes funcionassem instantânea e simultaneamente quando o minuto retrógrado regressasse do 60 ao 0. E não apenas instantaneamente, mas também sem usar energia em excesso.

O método comum para ativar a indicação de horas saltantes é armazenar energia nos minutos antes da mudança de data para efetuar o salto. O problema é que, enquanto esta energia é acumulada, o balanço perde amplitude - um efeito que prejudica a precisão na medição do tempo.

A solução de Wiederrecht foi tão brilhante quanto simples: ele desenhou um engenhoso mecanismo em que, quando regressam os minutos, uma alavanca no mecanismo dos minutos golpeia a estrela da hora que a impulsiona a avançar. A hora salta junto com os minutos, pois é ativada pelos minutos e, como este salto é ativado pela energia dos minutos ao regressarem a zero, não tem virtualmente nenhum efeito na amplitude do rotor.

As complicações e funções trabalham com máxima eficiência, com 349 componentes apenas no movimento, e fazem do HM2 um incrível "tour de force" relojoeiro.

A complicação tem outra característica especial. Engrenagens específicas do movimento do HM2 foram fabricadas com uma precisão extrema utilizando a tecnologia UV-LIGA da Mimotec. Estas engrenagens se unem em uma interação livre de jogo e atrito.

Normalmente engrenagens que interagem de forma tão próxima se grudam; contudo, o desenho assimétrico de dentes divididos das engrenagens, patenteado por Wiederrecht, assegura que isto não ocorra. A alta precisão desta engrenagem oferece alta precisão ao ajustar o relógio e assegura ótima fiabilidade.

Para maximizar a eficiência do icônico duplo rotor automático Hakken da MB&F, um dos extremos foi cortado à espessura de uma navalha - 0,2 mm - uma dimensão que chega aos limites da micro fabricação!

Embora o Horological Machine No2 seja uma máquina de alta tecnologia do século XXI, a qualidade e o acabamento manual mostram o melhor do artesanato tradicional. A luz refletida das superfícies, com acabamento tipo espelho e chanfrados impecáveis, dão vida à rica combinação de cores, materiais, formas e texturas.


HM2 Edições Finais - Especificações Técnicas


HM2-Black SV e HM2-Red SV são edições limitadas a 18 peças (cada modelo)


Movimento

Desenho e funcionalidade por Jean-Marc Wiederrecht/Agenhor, oscilador e trem de engrenagens da Girard-Perregaux
Oscilação de 28.800 vph
Rotor de ouro rosa 22 K em forma de machado (recoberto por PVD verde no HM2-Black SV)
Número de componentes: 349, incluindo 44 rubis

Funções

Mostrador esquerdo: data retrógrada e fases da Lua bi hemisféricas
Mostrador direito: horas saltantes e minutos retrógrados concêntricos

Caixa

HM2-Black SV: safira com platina de titânio recoberta por PVD negro, juntas na cor verde-elétrico
HM2-Red SV: safira/platina de ouro rosa 18K, juntas negras

Dimensões (sem coroa nem asas): 59 mm x 38 mm x 13 mm
Resistente à água até 30 metros (3 atm)
Número de componentes: 120 (somente caixa)

Cristais de safira

Em ambos os mostradores com tratamento antirreflexo em ambas as faces. Verso com tratamento antirreflexo em uma só face

Mostradores

Safira polida e discos metálicos negros

Pulseira e fecho

Couro de crocodilo negro costurado à mão com fecho de báscula de ouro 18 K desenhado sob medida. Os modelos de cerâmica estão disponíveis unicamente com fivela

Caixa de apresentação

Caixa de alta engenheira em alumínio e couro com um termômetro Rüeger integrado



"Amigos" responsáveis pelo Horological Machine No2 Edições Finais


Conceito: Maximilian Büsser

Desenho de produto: Eric Giroud - Eric Giroud Design Studio

Direção técnica e de produção: Serge Kriknoff/ MB&F

Logística de produção: David Lamy/MB&F

Desenvolvimento do movimento: Jean-Marc Wiederrecht e Maximilien Di Blasi, da Agenhor, Patrick Lété, da Les Artisans Horlogers

Fabricação do movimento: Salvatore Ferrarotto/APR Quality, Georges Auer/Mecawatch, Jose Perez/Clamax, Gianni Di Blasi/Clamax

Acabamento à mão de componentes do movimento: Jacques-Adrien Rochat e Denis Garcia, da C-L Rochat

Montagem do movimento: Didier Dumas e Georges Veisy/MB&F

Construção e produção da caixa e fecho: Dominique Mainier, Bertrand Jeunet e François Liard da G&F. Châtelain, Martin Stettler, da Stettler Sapphire

Mostradores: François Bernhard e Denis Parel, da Nateber

Ponteiros: Pierre Chillier, Isabelle Chillier e Felix Celetta, da Fiedler

Pulseira: Olivier Purnot, da Camille Fournet

Estojo de apresentação: Isabelle Vaudaux/Vaudaux


Comunicação:

Desenho Gráfico - Gérald Moulière e Alban Thomas da GVA Studio
Fotografia de produto - Maarten van der Ende
Arquitetura de display - Frédéric Legendre, da Lekoni
Retratos - Régis Golay, da Federal
Webmaster - Stéphane Balet e Guillaume Schmitz, da Sumo Interactive
Textos - Ian Skellern
Gerente de projeto - Estelle Tonelli/MB&F
Assistente de comunicação - Céline Cammalleri/MB&F
 

NotíciasRelacionadas

22 de abril de 2020
28 de janeiro de 2020
29 de novembro de 2019

BRANDPARTNERS