Publicidade
Home  >  News Voltar

Maximilian Büsser & FriendsHorological Machine No. 3

15 de outubro de 2008
Cuidado! A Horological Machine No. 3 (HM3) , da Maximilian Büsser & Friends, está tão fora das referências relojoeiras existentes que poderá causar uma explosão sensorial. A mente tenta, em primeiro lugar, seguir o seu movimento contínuo, paradoxalmente visto em todo o seu esplendor da parte de cima do relógio e parcialmente circunscrito por um anel com números em alto relevo.

Antes mesmo de a informação ter sido processada somos subjugados novamente: dois cones erguem-se majestosamente da caixa tridimensional. Não admira que muitos lutem para conciliar a realidade. Esta escultura dinâmica é na verdade uma peça de alta relojoaria que nos indica as horas e a data.

Os individualistas exigem poder de escolha; por isso, o HM3 está disponível em duas versões: o "SideWinder", com cones alinhados perpendicularmente ao braço, e o "Starcruiser", com cones em linha com o braço. Cada versão tem as suas próprias e distintas características, e cada uma revela o seu próprio ângulo de indicação das horas.

Os cones duplos indicam respectivamente as horas e os minutos, com o cone das horas indicando o dia e a noite. A roda de horas, superdimensionada, permite uma fácil leitura dos números, com a indicação da data feita por um triângulo desenhado no seu perímetro.

De qualquer modo, é através da espetacular abertura que podemos vislumbrar os fantásticos acabamentos manuais e o rotor em forma de machado que fascina os olhos e surpreende os sentidos.

Voltando ao relógio, é revelado o segredo técnico por detrás do HM3 com o seu movimento invertido: dois rolamentos de esferas superdimensionados em cerâmica que transmitem a energia constante para os cones e para a roda da data.


Inspiração e Realização

A Horological Machine No. 3 foi desenvolvida para expor o movimento em funcionamento. As pontes harmoniosamente trabalhadas, a roda de equilíbrio rapidamente oscilante, a distinta forma do sinuoso rotor, estão todas expostas para exame. Isto permite, a quem use o relógio, apreciar totalmente a arte e o ofício que compõe o HM3, uma máquina constituída por mais de 300 componentes de alta precisão meticulosamente finalizados.

O movimento da HM3 foi literalmente posto de cima para baixo, de modo a ter em conta um panorama ininterrupto dos arcos graciosos, do sinuoso e sólido rotor dourado, e das oscilações de alta velocidade da roda de equilíbrio. Jean-Marc Wiederrecht, vencedor do prêmio inaugural de Melhor Relojoeiro, no Grande Prêmio de Relojoaria de Genebra 2007, ganhou confiança dos designers Max Büsser e Eric Giroud numa realidade relojoeira. Com a sua equipe da Agenhor, não só encontrou, mas superou o desafio.

Starcruiser e SideWinder

Os MB&F´s Horological Machines são para individualistas que exigem a arte, o ofício, a excelência, a exclusividade... e a escolha. Para satisfazer a esses aficionados, a Horological Machine No. 3, está disponível em duas versões: "SideWinder", com os seus cones alinhados perpendicularmente ao braço; e '"Starcruiser", com os seus cones ligados em série com o braço. Tal como os seus potenciais proprietários, cada um é muito especial, cada um é muito diferente.


Indicações

Os três cones dimensionais permitem ler as horas de imediato, quer a conduzir, quer a escrever. No entanto, o fato de nada do gênero ter sido alguma vez tentado na relojoaria, colocou desafios consideráveis. Os gorros superiores dos cones são revestidos com metal (não colado) para assegurar a máxima resistência à água. As "mãos" vermelhas nos ponteiros das horas e minutos tiveram de ser cortadas a laser, para obter uma precisão inacreditavelmente alta, com a massa mínima que o desenho exigiu.

A enorme roda de data tem na verdade um diâmetro maior do que o movimento; um fato que permitiu a utilização de números de 2,5 mm de altura, muito legíveis e bem espaçados. Um triângulo arrumado gravado no topo da caixa registra a data.


Rotor Misterioso

A proeminência na forma de machado de batalha de 22 K no mostrador do HM3 vai certamente aumentar o reconhecimento deste símbolo ícone da MB&F. O rotor é misterioso por desafiar as leis da física, sendo equilibrado simetricamente, em vez de ser apenas uma massa descentrada. Tal é possível através da fresagem na parte debaixo de um dos braços, que reduz desta forma a sua massa.


Inovações Técnicas

Rolamentos de esferas em cerâmica

As indicações do tempo estão normalmente localizadas na parte de cima, ou na lateral do calibre. Tendo em conta que o movimento da HM3 está invertido para que se possa ver todo o lado operacional, uma solução eficiente foi necessária para levar a energia da parte de baixo do movimento até os cones e roda da data no topo. Carretos normais montados em rubis teriam requerido grande complexidade, rodagem com fricção e seria necessária uma ponte de fixação na parte de baixo - fator que iria aumentar o peso do movimento e do próprio relógio. Em vez de usar os carretos convencionais, a HM3 tem dois rolamentos de esferas com 15 mm de diâmetro. Devido ao seu grande diâmetro, este sistema diminui o número de rodagens e por sua vez a fricção, e só necessita de suporte numa das extremidades (na base) devido à rigidez resultante do desenho ultra-preciso e manufatura, permitindo desta forma um movimento mais fino.

Grande Data

A enorme roda de data tem na verdade um diâmetro maior do que o movimento; fato que permitiu a utilização de números de 2,5 mm de altura, muito legíveis e bem espaçados. Enquanto se adiciona legibilidade, é requerido engenho no acerto da mesma. Constrangimentos técnicos no uso de uma coroa para a regulação da data ditaram um ponto de acerto; de qualquer modo, o ponto de acerto tem um espaço e funcionamento de apenas 1 mm - bastante mais curto do que os 4 mm necessários para mover a roda da data de um dia para o outro. Um sistema engenhoso amplifica o espaço de ação usando uma embreagem multiplicadora, que multiplica por quatro a distância percorrida pelo punção de acerto.

Cones em Safira

Cones tridimensionais nunca foram usados para mostrar o tempo e não admira que a sua fabricação tenha se tornado tarefa quase impossível. Felizmente um fornecedor aceitou o desafio da MB&F... e conseguiu.
A dificuldade não esteve na fabricação dos cones, mas sim no polimento interior e da sua (original) superfície translúcida até ficar transparente. A base dos cones é soldada usando uma técnica que utiliza altas temperaturas, técnica que garante uma construção sólida e estanque.

Cabeça dos parafusos

A perfeição está apoiada nos detalhes, a forma segue a função. Estas duas declarações explicam a razão pela qual a MB&F fez o esforço de redesenhar as cabeças dos parafusos da caixa afastando-se da sua usual forma abaulada.

Os parafusos com arestas vivas requerem chaves próprias afiadas e que podem riscar os mesmos, especialmente quando são em ouro.
A patente em forma de trevo arredondado na cabeça dos parafusos do HM3 não só é agradável ao olhar, mas também reduz as chances de danificá-los. As Horological Machines são obras de arte micro-mecânica e exigem que cada componente tenha um aspecto soberbo e um funcionamento perfeito.

Caixa e acabamentos

Embora totalmente original no design, a dupla indicação, acabamentos com partes polidas e escovadas, rotor ícone misterioso e caixa talhada em declive asseguram que a HM3 é inconfundível! 100% pura máquina relojoeira!


Características técnicas


Movimento

Motor relojoeiro tridimensional desenhado por Jean-Marc Wiederrecht/Agenhor
Oscilador e rodagem manufaturada pela Girard-Perregaux
Freqüência do balanço de 28.800 A/h
Rotor tipo machado de batalha em ouro 22 K
Informação das horas e minutos transmitida através de esferas de cerâmica e ponteiro em forma de laser

Número de rubis: 36 (todos funcionais)
Número de componentes: 304

Funções

Horas e indicação de dia e noite no primeiro cone;
Indicação dos minutos no segundo cone;
Indicação da data em redor do movimento.

Caixa

2 versões:
Starcruiser (cones em linha com as asas)
Sidewinder (cones perpendiculares às asas).

Ambas disponíveis em ouro branco 18 K/titânio ou ouro rosa 18 K/titânio
Coroa rosqueada
Dimensões: 47 mm x 50 mm x16 mm
Numero de componentes: 53 - Starcruiser; 57 - Sidewinder

Vidros em safira

Tanto os cones como o fundo são em vidro safira com tratamento anti-reflexo.

Pulseira e fecho

Pulseira em couro de crocodilo com fecho dobrável em ouro 18 K e titânio.


Amigos responsáveis pela Horological Machine No. 3


Conceito: Maximilian Büsser/MB&F
Design do produto: Eric Giroud - Eric Giroud Design Studio
Responsável técnico e de produção: Serge Kriknoff/MB&F
Desenvolvimento do movimento: Jean-Marc Wiederrecht/Agenhor, Nicolas Stalder/Agenhor
Manufatura do movimento: Georges Auer/Mecawatch, Salvatore Ferrarotto/APR Quality
Rolamentos de esfera em cerâmica: Patrice Parietti/MPS
Montagem do movimento: Didier Dumas/MB&F, Gilles Dalloz/Agenhor
Construção e produção da caixa e báscula: Philippe Marti, Dominique Mainier e Stéphane Lhomme of G.F.Châtelain
Cones em safira: Sébastien Sangsue e Grégory Esseric/Sebal, Peter Bloesch/Bloesch
Mostradores: François Bernhard e Denis Parel of Nateber
Ponteiros: Pierre Chillier, Isabelle Chillier e Félix Celetta of Fiedler
Pulseira: Pierre Chillier, Isabelle Chillier e Félix Celetta of Fiedler
Apresentação da caixa: Frédéric Legendre/Lekoni, Isabelle Vaudaux/Vaudaux

Comunicação:
Design gráfico: Alban Thomas e Gérald Moulière/GVA Studio
Fotografia do produto: Maarten van der Ende
Arquitetura: Frédéric Legendre/Lekoni
Pôster: Régis Golay/Federal.
Webmasters: Stéphane Balet e Guillaume Schmitz/Sumo Interactive
Textos: Ian Skellern
Responsável pelo projeto: Estelle Tonelli/MB&F
 

NotíciasRelacionadas

22 de abril de 2020
28 de janeiro de 2020
29 de novembro de 2019

BRANDPARTNERS