Adicionar aos Favoritos      Indique este Site segunda-feira, 30 de novembro de 2020                                                                         
notícias
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
1966 Repetição Minutos, Cal. Anual & Equação do Tempo

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

A mecânica do tempo em três complicações

Repetição de Minutos, Calendário Anual, Equação do Tempo: o Girard-Perregaux 1966 abriga em seus 42 mm de diâmetro três ilustres complicações relojoeiras.



Modelo de grande engenhosidade técnica, o novo Girard-Perregaux 1966 Repetição de Minutos, Calendário Anual & Equação do Tempo dispõe de muitos elementos para figurar no firmamento das mais belas criações relojoeiras.

Digno membro da coleção Girard-Perregaux 1966, dispõe suas funções com um notável equilíbrio estético, o qual oculta, em certo modo, as complicações.

As complicações são visualizadas em um mostrador dotado de uma perfeita harmonia, orquestrada por um calibre mecânico de corda manual de mais de 400 componentes.

O mostrador, de proporções elegantes, opta por uma decoração “soleil” prateada, que destaca as diferentes indicações temporais, circundadas por índices aplicados em ouro maciço com perfil agudo. O olhar é imediatamente atraído pela data, imponente, à 1:30.

À frente, o mês é visualizado em uma janela que completa o calendário anual. Esta engenhosa construção exige apenas um ajuste anual da data, no mês de fevereiro, facilmente realizado através da coroa.

Indicada por meio de uma came em relevo sobre uma roda que efetua um giro por ano, a equação do tempo é posicionada às 4:30. Ela indica a diferença entre o tempo civil e o tempo solar.

Com efeito, a duração do dia solar varia todos os dias. As duas referências horárias se equivalem apenas quatro vezes ao ano, e a diferença acumulada pode alcançar, por exemplo, 16 minutos em novembro.

Para completar esta obra-prima mecânica, uma repetição de minutos permite escutar as horas, os quartos e os minutos. Nascida em uma época sem eletricidade, em que se necessitava uma indicação sonora da hora durante a noite, na atualidade converteu-se em uma das complicações mais apreciadas pelos amantes da Bela Relojoaria.

Para criar a vibração que proporcionará um som cristalino, o ajuste da sonnerie segue sendo um de os elementos mais delicados, exigindo do relojoeiro uma destreza muito precisa e um ouvido particularmente apurado.

Fruto de exaustivas pesquisas sobre a acústica, o mecanismo de repetição de minutos da Girard-Perregaux se beneficia de três aperfeiçoamentos relacionados à construção da caixa: a otimização entre o diâmetro interno da caixa e o do calibre para uma ressonância máxima; o fundo “galbé” que aumenta o volume de ar entre o movimento e a caixa e melhora a propagação do som; e a parte inferior do fundo, diamantada, que reduz as interferências acústicas.

Visível através do fundo de safira da caixa, o calibre mecânico de corda manual perpetua a grande tradição relojoeira da Maison. No marco de sua permanente atenção pela estética, a Girard-Perregaux desenhou a ponte do balanço em forma de uma semi-flecha que recorda os Pontes de ouro, assinatura emblemática da Marca.


Girard-Perregaux 1966 Repetição Minutos, Calendário Anual & Equação do Tempo - Características Técnicas

Caixa

Caixa em ouro rosa polido com vidro de safira antirreflexos
Aro circular, interior acetinado
Diâmetro de 42 mm
Cristal de safira antirreflexos curvado
Mostrador em latão, com apliques em ouro rosa 18 5N
Ponteiros do tipo folha, bastão e flecha, em ouro 18 5N, diamantados individualmente
Coroa em ouro rosa 18 5N com logo GP gravado
Fundo de safira, fechado por 6 parafusos, todas as inscrições gravadas à mão
Estanqueidade a 30 metros

Movimento

Movimento Girard-Perregaux E09-0003
Mecânico de corda manual
Calibre: 14 ¼ ’’’
Frequência de 21.600 aph – (3 Hz)
Reserva de marcha min. 100 horas (4 dias)
Rubis: 48
Número de componentes: 419
Platina rodiada e perlada
Pontes com Côtes de Genève, ângulos entrantes polidos
Ponte do balanço do tipo semi-flecha em ouro, “arredondada”
Balanço de inércia variável
Sonnerie de repetição com 2 martelos opostos, horas, quartos, minutos. Ajuste da velocidade da sonnerie por meio de volante inercial, contra-molas acessíveis no lado das pontes, “rack” de minutos invertido; gongos de sonnerie convencionais
Funções: horas, minutos, pequeno segundeiro, repetição de minutos, calendário anual, equação do tempo.

Pulseira

Pulseira de aligátor marrom
Fecho de báscula em ouro rosa


Referência: 99651-52-131-BKBA

Edição limitada de 15 peças
 
Topo
Mais Notícias:
29/11/2020 - Audemars Piguet - Code 11.59 Turbilhão Volante Automático Aventurina
 
28/11/2020 - Charles Girardier - Turbilhão Signature Mystérieuse Fleur du Sel
 
27/11/2020 - Gerald Charles - Novo Maestro Original Time!
 
26/11/2020 - Jämes C. Pellaton - Chronomètre Royal Marine Tourbillon
 
25/11/2020 - Ludovic Ballouard - Upside Down La Scapigliata
 
24/11/2020 - Maximilian Büsser & Friends - HM4 Kittyhawk
 
18/11/2020 - Piaget - Altiplano Ultimate Concept
 
15/11/2020 - Petermann Bédat - 1967, vencedor do GPHG 2020 como Revelação Relojoeira
 
13/11/2020 - GPHG 2020 - Os grandes vencedores do Oscar da Relojoaria!
 
10/11/2020 - Christiaan van der Klaauw - Planetarium Eise Eisinga Limited Edition
 
31/10/2020 - Swiss Creative Lab - The Imagination show will be held in Lausanne!
 
30/10/2020 - Panerai - Novos Luminor Manuali
 
30/10/2020 - Montblanc - 1858 Geosphere Messner Limited Edition
 
30/10/2020 - Swiss Creative Lab - O salão Imagination será realizado em Lausanne
 
29/10/2020 - IWC - Top Gun SFTI
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2020

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais