Publicidade
Home  >  News Voltar

Cartier - SIHH 2010Relógio Tartaruga calendário perpétuo

01 de março de 2010
O Calibre 9422 MC

Com o primeiro movimento de calendário perpétuo automático fabricado pela Maison, apresentado no SIHH 2010, a Cartier revela uma criatividade ímpar. E de duas maneiras: pela otimização da legibilidade das funções dia e data, e pela originalidade da exibição do calendário perpétuo.


Essas características, próprias do movimento 9422 MC, manifestam-se através de um magnífico mostrador vazado: um ponteiro retrógrado é utilizado para indicar os dias da semana, a data aparece em caracteres grandes, distribuídos em torno do mostrador, e o indicador de meses e anos situa-se às 12 horas.

Uma proeza relojoeira cujos detalhes e o apuro merecem a admiração que suscitam. Insere-se na forma atemporal do relógio Tortue ("Tartaruga") - um dos famosos relógios de formas da Cartier, criado em 1912 e que nos anos 20 tornou-se uma das peças míticas da relojoaria de complicações da Cartier.


Relógio Tartaruga calendário perpétuo, calibre 9422 MC

Caixa: ouro branco ou ouro rosa 18 quilates

Dimensões: 45,6 mm x 51 mm

Coroa: chanfrada de ouro branco ou ouro rosa 18 quilates, cabochão de safira engastado

Vidro: mineral

Verso: safira transparente

Impermeabilidade: 30 metros / 3 atm

Pulseira: crocodilo preto (ouro branco) ou marrom (ouro rosa)

Fecho déployant: dois ajustes, ouro branco ou ouro rosa 18 quilates


Calibre 9422 MC calendário perpétuo

Movimento: Manufatura, mecânico a corda automática, calendário perpétuo

Diâmetro da carruagem: 11''' ½, ou seja, 25,60 mm

Diâmetro total: 14''' ¼, ou seja, 32 mm

Espessura: 5,88 mm

Nº de rubis: 33

Nº de peças: 293

Freqüência: 28.800 vph

Reserva de marcha: cerca de 52 horas
 
(Photo 2000 © Cartier 2009)
(Foto por Carlos E. Tiburcio Ramos)

NotíciasRelacionadas

07 de abril de 2020
23 de janeiro de 2019

BRANDPARTNERS