Publicidade
Home  >  News Voltar

Cartier - SIHH 2011Rotonde de Cartier Astrorégulateur

29 de dezembro de 2010
O Fine Watchmaking Club é uma iniciativa da Cartier voltada a um grupo muito exclusivo de cerca de 30 jornalistas especializados de todo o mundo, que terão acesso privilegiado aos lançamentos da Alta Relojoaria Cartier.


A primeira rodada de reuniões teve lugar nas cidades de Nova Iorque, Paris e Cingapura. Relógios & Relógios teve o privilégio de ser convidado a fazer parte do Fine Watchmaking Club, mas infelizmente não pôde comparecer ao encontro dedicado às Américas, realizado em Nova Iorque, no dia 22 de Novembro.

Na ocasião, foram revelados modelos que somente poderão ser apresentados ao público após o início do SIHH 2011, exceção feita ao espetacular Rotonde de Cartier Astrorégulateur e seu inédito Calibre 9800 MC, um novo relógio Grande Complicação que atesta o profundo compromisso da Cartier com a alta relojoaria.

O Calibre 9800 MC é um movimento bastante original que busca compensar os efeitos da gravidade sobre o mecanismo em posições verticais. Idealizado por Carole Forestier, é objeto de quatro solicitações de patente, fruto de cinco anos de pesquisa pela Manufatura Cartier, onde foi projetado, desenvolvido, produzido e montado.


Dominar a gravidade: um sonho de relojoeiro

A compensação dos efeitos da gravidade sempre foi um dos maiores desafios da relojoaria. A gravidade perturba o isocronismo de um relógio ao deslocar o centro de gravidade de sua mola do balanço (espiral). O turbilhão é a mais antiga e comum solução para este problema. A carruagem do turbilhão gira sobre seu próprio eixo em um minuto, passando por todos os possíveis centros de gravidade. O escapamento do turbilhão equaliza os erros, assim cancelando quaisquer variações de marcha que ocorram em posições verticais.


Uma solução alternativa ao problema da gravidade

O isocronismo depende da regularidade da oscilação e como esta é perturbada pelos efeitos da gravidade, o oscilador deveria idealmente possuir um único centro de gravidade que permanecesse constante em toda posição vertical.

Os designers e mestres relojoeiros da Manufatura Cartier em La Chaux-de-Fonds desenvolveram um movimento que oferece uma solução alternativa ao turbilhão, um inovador sistema antigravidade usando o único elemento que sempre retorna à mesma posição no plano vertical: o rotor.

No movimento 9800 MC Astrorégulateur, o escapamento, o oscilador e os segundos pendulares foram posicionados sobre o rotor para manter o centro de gravidade em uma única posição. Ao ajustar o oscilador nesta posição, o mestre relojoeiro assegura que a plataforma do movimento Astrorégulateur evite os efeitos perturbatórios da gravidade sobre a cronometria em todas as posições verticais.

Uma genuína obra-prima do design relojoeiro, o rotor carrega e suporta cinco vezes mais componentes que uma carruagem tradicional de turbilhão.


Um engenhoso sistema de diferenciais para assegurar cronometria consistente

Os movimentos imprevisíveis do pulso do usuário geram forças de intensidades diversas sobre o escapamento. Estas forças devem ser anuladas de forma a manter o escapamento em uma velocidade constante, já que essa é uma condição necessária para uma boa cronometria. Para tanto, os designers relojoeiros inventaram um sistema composto de dois diferenciais que alteram a velocidade transmitida pelo pulso para o microrrotor para uma velocidade constante, dessa forma assegurando o regular avanço do indicador de segundos que se move com o rotor e, ao final, um ótimo desempenho cronométrico do relógio.


Um bloco de inércia de platina para um movimento automático

Um bloco de inércia de platina foi integrado ao microrrotor para torná-lo suficientemente pesado para retornar à mesma posição e assim assegurar o carregamento do mecanismo. Este carregamento é bidirecional: o movimento recebe corda quando o peso oscila em ambas as direções.


Uma caixa de nióbio-titânio

A Cartier escolheu uma caixa com diâmetro de 50 mm para exibir este exclusivo movimento. Sua liga de nióbio-titânio reduz o peso a apenas 55 gramas, assegurando excepcional conforto sobre o pulso. O material possui ótimas propriedades de absorção de choques, convertendo quaisquer impactos violentos em um choque mais suave, de mesma energia, mas liberada ao longo de um período de tempo maior. Até agora, esta liga tinha sido usada apenas no relógio conceito Cartier ID One.


Acabamentos excepcionais

Os artesãos relojoeiros da Cartier devotam quase 60 horas para o acabamento manual do Calibre 9800 MC. A platina principal é granulada circularmente, enquanto as pontes são chanfradas e decoradas com Côtes de Genève. A edição será limitada a uma série de 50 relógios individualmente numeradas.


Relógio Rotonde de Cartier Astrorégulateur - dados técnicos

A caixa de nióbio-titânio tem diâmetro de 50 mm e é resistente à água a 30 metros/3 atm. A coroa é granulada circularmente, em titânio ou ouro branco 18 K, com um cabochão de safira. Frente e verso são protegidos por cristal de safira.

O mostrador com guilloché galvânico, na cor cinza ardósia, tem grade prateada aberta com efeito "sunburst" e numerais romanos em preto transferidos. Os ponteiros tem formato de espada em aço azulado. A pulseira em couro de jacaré preto possui fecho de báscula dupla ajustável em ouro18 K.


Calibre 9800 MC Astrorégulateur

Movimento mecânico automático de Manufatura individualmente numerado, Calibre 9800 MC, horas, minutos, com escapamento colocado sobre peso o oscilante para contrabalançar os efeitos da gravidade em posições verticais.

Possui diâmetro de encaixe de 15 ½ linhas (35,2 mm) e total de 15 ¾ linhas (35,8 mm), com espessura de 10,1 mm. São 281 peças e 43 rubis. O balanço oscila a 21.600 vibrações/hora, e a reserva de marcha é de aproximadamente 80 horas.
 
(Imagens Laziz Hamani © Cartier 2010)

NotíciasRelacionadas

07 de abril de 2020
23 de janeiro de 2019

BRANDPARTNERS