Publicidade
Home  >  News Voltar

CartierRotonde de Cartier turbilhão voador esqueleto

03 de dezembro de 2009
A ser apresentada no SIHH 2010, esta versão do relógio Rotonde de Cartier turbilhão é uma verdadeira proeza técnica que renova um movimento mecânico espetacular a corda manual: o calibre 9455 MC turbilhão voador esqueleto.


Vanguarda formal e tradição relojoeira

O Rotonde de Cartier turbilhão voador esqueleto calibre 9455 MC, Selo de Genebra, traz um movimento Cartier ultracontemporâneo no qual a função participa da forma, numa revolução estética materializada em um movimento que faz as vezes de mostrador. Obra de arte destacada pela esqueletização das pontes e da platina que se arquitetam em majestosos algarismos romanos, um grafismo surpreendente composto pelos algarismos XII, III e IX, que emolduram às seis horas a carruagem do turbilhão voador.

Um jogo de plenos e vazios revela um movimento animado por um tambor esqueletizado no qual transparece a mola. Quadro vivo sublimado pelos acabamentos feitos à mão pelos artesãos: "anglage" das pontes, acetinado das laterais, cingir das rodas.

Estampado com o Selo de Genebra, o calibre de manufatura Cartier 9455 MC a corda manual traz um certificado de origem, com numeração individual, atestando que o movimento atende aos critérios de excelência estabelecidos pelo Escritório de Inspeção Voluntária de Relógios do Cantão de Genebra.


Alguns dos critérios do Selo de Genebra

Polimento das peças de aço
Todas as peças de aço apresentam cantos polidos, lados chanfrados e superfícies visíveis aplainadas. Esse acabamento reduz o atrito, o que protege o movimento contra o desgaste. As cabeças dos parafusos, os ombros e as faces dos pinhões também são polidos.

Acabamento dos rubis
Para garantir uma vida útil mais longa para os componentes, os orifícios dos 19 rubis são polidos no trem de engrenagens e na roda de escape. No que se refere à ponte, os rubis são furados com cavidades polidas.

Centragem da espiral
A espiral é fixada em sua posição através de um rebite de corpo e cabeça arredondados. Essa operação relojoeira particularmente sensível assegura muito maior precisão ao centrar a mola do balanço e, em consequência, melhor ajuste do movimento.

Leveza da roda de escape
O peso da roda de escape é reduzido. O impacto de sua inércia no ajuste do movimento é portanto minimizado.



Arquitetura Maison para uma elegância renovada

A caixa de 45 mm em ouro branco, impermeável a 30 metros, traz uma transparência aérea para um relógio cuja força do desenho alia-se à delicadeza do acabamento, em um jogo de proporções harmonioso e sutil. O relógio Rotonde de Cartier turbilhão voador esqueleto traz uma elegância preciosa e altamente relojoeira.

A coroa perlada de ouro branco 18 K traz um cabochão de safira engastado. O vidro é em safira e o verso também traz uma safira transparente. A pulseira em crocodilo preto tem fecho déployant com dois ajustes, em ouro branco 18 K.

A edição é numerada e limitada a 100 exemplares.
 

NotíciasRelacionadas

07 de abril de 2020
23 de janeiro de 2019

BRANDPARTNERS