Adicionar aos Favoritos      Indique este Site quarta-feira, 16 de outubro de 2019                                                                         
notícias
Clique para zoom
O Observatório Europeu do Sul (ESO) em Paranal no Chile
Clique para zoom
IWC Schaffhausen Portuguesa Siderale Scafusia
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
O IWC Schaffhausen Portuguesa Siderale Scafusia no seu estojo
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
Português Sidérale Scafusia

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

As estrelas ao alcance da mão

Paranal, Chile, 27 de Agosto de 2011 – A IWC Schaffhausen apresentou neste dia, no meio do Deserto do Atacama, no Chile, uma obra-prima de Alta Relojoaria. Após dez anos de intensa pesquisa, a manufatura Suíça conseguiu unir a hora solar à hora sideral, juntamente com mostradores astronômicos, tudo em um único relógio. O resultado é um modelo fascinante, surpreendentemente complexo e com novas características técnicas. O Português Sidérale Scafusia é o relógio mais complexo já criado pela IWC.


“Com uma história de 140 anos, a IWC cria uma nova referência com este relógio”, afirmou Georges Kern, Diretor Geral da IWC Schaffhausen. “O desenvolvimento do Português Sidérale Scafusia foi um desafio estimulante para todos os envolvidos e exigiu um enorme empenho e cooperação interdisciplinar. É o resultado sem paralelo de trabalho, sabedoria, engenharia e exclusividade inovadores. Ele é absolutamente fantástico e enche-nos de orgulho”. Motivos suficientes para a apresentação da nova estrela no firmamento da IWC em um cenário tão invulgar quanto o próprio relógio: no Paranal, no meio do deserto Chileno.



O Paranal, edificado e explorado pelo Observatório Europeu do Sul (ESO), acolhe o Very Large Telescope, a “estrela” da astronomia europeia e o instrumento óptico mais avançado do seu gênero. O Português Sidérale Scafusia foi concebido para unir vários mostradores astronômicos e para apresentá-los com uma precisão absoluta. A característica que mais chama a atenção neste novo e altamente complexo relógio é o turbilhão de força constante que domina o mostrador.

Contudo, o verso do relógio não é menos impressionante. Habilmente encaixadas no pequeno espaço estão uma carta celeste, o horizonte, coordenadas geográficas, a hora solar, a hora sideral, o nascer e o pôr-do-sol, bem como um mostrador que apresenta o período diurno, noturno e do crepúsculo. E atrás do mostrador que apresenta o numero correspondente ao dia, encontra-se um calendário perpétuo totalmente integrado. Enquanto os astrônomos do Monte Paranal utilizavam os seus telescópios enormes para investigarem de forma aprofundada o universo a milhões de anos-luz, alguns convidados reuniam-se na “Residência”, local onde vivem cerca de 150 cientistas que trabalham com o ESO, para saberem tudo sobre a história e o desenvolvimento do Português Sidérale Scafusia.



Não admira que a IWC tenha decidido apresentar este marco do mundo da relojoaria num ambiente tão pouco comum; afinal, as melhores instalações de pesquisa astronômica em âmbito mundial aí localizadas proporcionam uma vista noturna do espaço profundo nunca antes realizada pelo ser humano.


Duas formas de determinar as horas em um único relógio

Aqui na Terra, as horas baseiam-se no comprimento do dia solar médio. Contudo, em termos da observação das estrelas, o que conta é o dia sideral, que vem do latim “sidus”, estrela. No entanto, os dois tipos de dia diferem em duração. O dia solar médio dura exatamente 24 horas e determina o período médio entre a passagem do sol sobre um determinado meridiano. A referência para um dia sideral é uma estrela infinitamente distante, exatamente perpendicular ao ponto de observação no início e no fim do período durante o qual é observada. Assim, determina o tempo que a Terra demorou a concluir uma rotação em torno do seu próprio eixo. Além disso, devido ao fato da Terra não rodar apenas em torno do seu próprio eixo mas também em torno do Sol, o dia sideral é cerca de quatro minutos mais curto do que um dia solar médio.

O mostrador de 24 horas situado na posição das 12 horas tem ponteiros correspondentes às horas e minutos que apresentam a hora sideral com uma precisão notável. A engrenagem criada pelos engenheiros da IWC localiza a hora sideral com uma precisão tal que a margem de erro é de apenas 11,5 segundos no máximo durante um ano inteiro; mais um exemplo de conquista tecnológica por parte da IWC Schaffhausen.



Um turbilhão impressionante

Graças ao Português Sidérale Scafusia, agora podemos ver dois métodos diferentes de determinação das horas, lado a lado, num único relógio. O tempo solar médio, isto é, o “prazo” com o qual determinamos o decorrer das nossas vidas diárias, é apresentado nos ponteiros centrais das horas e minutos. Os segundos são apresentados por um turbilhão montado num rolamento de esferas na posição das 9 horas. Ocupando quase um quarto da placa inferior, a dimensão do turbilhão é, por si só́, impressionante. Contudo, os “connoisseurs” ficarão ainda mais entusiasmados com a concepção pouco habitual e que inclui um mecanismo de força constante, que compensa a redução contínua de energia nos tambores e transmite uma pequena quantidade regular de energia para o oscilador.

Esta característica aumenta a precisão do calibre 94900 a corda manual, recentemente concebido, para um nível ainda mais elevado. Os dois tambores alinhados paralelamente garantem um mínimo de dois dias de potência constante. Durante todo esse tempo, o ponteiro dos segundos montado na caixa de titânio do turbilhão avança a intervalos de um segundo. Durante o tempo restante da reserva de marcha de quatro dias o turbilhão continua a funcionar uniformemente, seguindo o ritmo do balanço, que oscila a uma frequência de 2,5 Hz ou 18.000 alternâncias por hora.


Um tipo especial de carta celeste

O Português Sidérale Scafusia é impressionante não só́ pelo lado do mostrador, mas também pelo seu verso, graças ao céu noturno e ao calendário perpétuo nele incorporado. O calendário é apresentado sob a forma de um recorte circular e conta os dias do ano sem interrupção: o dia 1º de Janeiro é o dia 1 e o dia 31 de Dezembro é o dia 365 ou, no caso de ser um ano bissexto (indicado pelas letras "LY"), o dia 366. É acompanhado, na extremidade da estrutura posterior, por um mostrador adicional que apresenta a hora do dia atual, a hora sideral, bem como o nascer e o pôr-do-sol com setas, a um ritmo de 24 horas. Por fim, no centro, situa-se o céu noturno.

O horizonte, assinalado em amarelo, apresenta o céu noturno tal como o proprietário o vê, na localização da sua escolha. Os engenheiros da IWC utilizam as coordenadas da localização especifica para calcular o ângulo do horizonte e, em seguida, fazer rodar as cames que controlam o indicador do nascer e do pôr-do-sol. Isto significa que o cliente tem não só́ um relógio extraordinário, como também a sua própria constelação personalizada que mostra o céu noturno na posição geográfica pela qual optou. Associado está também o fundo constituído pelo céu noturno, o qual contém um filtro de polarização que faz com que seja cinzento de dia e azul à noite.


Todos os relógios são únicos

Devido a toda esta precisão e atenção aos detalhes, o Português Sidérale Scafusia é perfeitamente adequado para uma utilização diária. É resistente à água até́ uma pressão de 3 atm e, considerando que o mecanismo é bastante delicado, apresenta uma resistência extraordinária aos choques. O sistema de carga do relógio, tipo “winder”, atua pela coroa e foi concebido especificamente para o Português Sidérale Scafusia, garantindo que esta obra-prima da IWC continue a apresentar horas precisas, mesmo se a pessoa optar por não o usar durante um período prolongado.

Como seria de esperar, o relógio traz também um vidro que amplia, de forma a facilitar a análise precisa do céu noturno no relógio, bem como documentação exaustiva sobre astronomia. Todos os relógios Português Sidérale Scafusia são únicos, pois, além da carta celeste pessoal no verso, o proprietário pode igualmente escolher o material da caixa e o design do mostrador, bem como a cor e o material da pulseira, tudo numa vasta gama de materiais. Tendo em conta o nível de personalização e a complexidade do design e do mecanismo envolvidos, os interessados terão de aguardar, aproximadamente, um ano até́ à entrega.


Português Sidérale Scafusia Ref. 5041 – características técnicas

Movimento

Calibre 94900, a corda manual, frequência de 18 000 vph/2,5 Hz, 56 rubis, dois tambores, reserva de marcha de 4 dias (96 h), balanço com duas cames e dois pesos de calibragem, espiral com curva terminal Breguet, turbilhão de força constante.

Mostradores laterais

Mostrador de 24 horas (hora sideral) - a hora sideral e a hora solar podem ser definidas separadamente, mostrador de reserva de marcha.

Mostradores laterais posteriores

Horizonte e carta celeste personalizados, nascer e do pôr-do-sol, hora sideral e solar, mostrador diurno, noturno e para quando anoitece na carta celeste, calendário perpétuo que apresenta os anos bissextos e o número do dia.

Caixa

Material especificado pelo cliente (em platina ou ouro vermelho, por exemplo)
Pulseira especificada pelo cliente com fecho de báscula IWC
Diâmetro 46 mm, altura 17,5 mm, resistente à água até 3 atm

Cristal

De safira, convexo e com tratamento antirreflexo de ambos os lados
Parte posterior com cristal de safira transparente
 
Topo
Mais Notícias:
09/10/2019 - Label Noir - Uma visita à sede da Label Noir
 
09/10/2019 - Label Noir - A visit to the headquarters of Label Noir (in English)
 
04/10/2019 - Jaeger-LeCoultre - Gyrotourbillon 3 Meteorite
 
23/09/2019 - Harry Winston - Histoire de Tourbillon 10
 
10/09/2019 - Bvlgari - Baselworld 2019 - Octo Finissimo Chronograph GMT
 
09/09/2019 - Bell & Ross - Nova coleção BR 05
 
04/09/2019 - Audemars Piguet - Millenary Frosted Gold Philosophique
 
03/09/2019 - Voutilainen - Baselworld 2019 - O excepcional 28ti
 
29/08/2019 - Montblanc - Em Xangai, a Montblanc lançou seus novos relógios femininos
 
28/08/2019 - De Bethune - Baselworld 2019 - DB21 Maxichrono Réédition
 
23/08/2019 - Jaeger-LeCoultre - Polaris Date
 
19/08/2019 - Cyrus - Baselworld 2019 - Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon
 
16/08/2019 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine FlyingT
 
13/08/2019 - Greubel Forsey - GMT Quádruplo Turbilhão
 
08/08/2019 - Panerai - Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2019

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais