Adicionar aos Favoritos      Indique este Site quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020                                                                         
notícias
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom
Clique para zoom

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
A Rolex constrói em Biel sua fábrica do século XXI

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

A Rolex inaugurou ontem, em 16 de outubro, o novo edifício de sua fábrica de mecanismos em Biel.


A cerimônia contou com a presença de personalidades influentes das esferas política e econômica, dentre as quais o conselheiro federal Johann Schneider-Ammann, o presidente do conselho executivo do cantão de Berna, Andreas Rickenbacher, o conselheiro de estado do cantão de Berna Hans Stöckli, e o prefeito de Berna, Erich Fehr.

Depois do tradicional corte da fita inaugural, a marca apresentou suas novas oficinas de produção do mecanismo, que associam competência artesanal com alto valor agregado e tecnologia ultramoderna.

O novo edifício é o resultado de uma das maiores obras de construção civil industrial realizadas na Suíça nos últimos anos e permite ao líder mundial da relojoaria de luxo reunir e racionalizar toda a sua produção de mecanismos numa unidade ultramoderna de 400 mil m3 – dos quais 230 mil m3 são ocupados pelo novo edifício – em uma área total de 92 mil m2.

O desempenho excepcional da unidade de produção de Biel em termos de produtividade, conforto para os funcionários e respeito ao meio ambiente estabelece um novo padrão em matéria de produção relojoeira, perpetuando o espírito pioneiro da Rolex e sua busca constante da qualidade.


Rolex inaugura uma “nova era”

“A partir de hoje, a Rolex entra em uma nova era”, afirma Bertrand Gros, presidente da Manufacture des Montres Rolex S.A. “A construção do novo edifício de Biel, iniciada em 2009, é o testemunho de nossa confiança inabalável no futuro. Atualmente, o abastecimento de componentes estratégicos constitui um dos principais desafios para a indústria relojoeira; assim, nossas unidades de Biel e Genebra formam um poderoso complexo produtivo que garante autonomia completa, total liberdade para inovar e exercer nossa criatividade, além de um nível de excelência à altura das exigências da marca”.

O conselheiro federal Johann Schneider-Ammann, por sua vez, salientou a importância da Rolex como embaixadora da qualidade e da expertise Suíça em todo o mundo. “Com um investimento significativo em sua nova unidade de produção, a Rolex sinaliza que, apesar do momento difícil da economia mundial, a Suíça continua sendo um campo industrial de primeira classe”, declarou ele.


Domínio completo da produção na própria Rolex

O novo edifício de Biel representa a consolidação de uma estratégia iniciada pela Rolex há mais de dez anos visando a integrar e controlar a fabricação de todos os componentes essenciais de seus relógios de maneira autônoma – da caixa ao mecanismo, passando pelo mostrador e a pulseira – em quatro unidades construídas ou adaptadas para este fim: três em Genebra e uma em Biel. Graças a esta estratégia de vanguarda, a Rolex passa a dispor de um instrumento de produção inigualável.


Eficiência industrial

O agrupamento da produção do mecanismo em um novo complexo produtivo contribui para aumentar a eficiência e a produtividade, racionalizar as diferentes operações de fabricação, melhorar os fluxos de circulação de pessoas e produtos, especialmente graças a um impressionante sistema de estoque automatizado.

Este sistema é totalmente robotizado e conta com mais de 46 mil espaços de armazenagem para estocar componentes e produtos acabados de maneira segura e encaminhá-los rapidamente até as oficinas de produção, graças a 22 estações e mais de 1,2 km de trilhos distribuídos por toda a unidade.

A arquitetura refinada e rigorosa do novo complexo privilegia os volumes amplos e uma bela iluminação natural proveniente de claraboias inspiradas no mecanismo. Além disso, o complexo compreende um grande restaurante empresarial panorâmico e vários espaços de descanso para os colaboradores.


Respeito ao meio ambiente

Como todas as unidades Rolex, as novas construções foram projetadas e realizadas segundo os mais rigorosos princípios de segurança, integração ao ambiente e respeito da paisagem, adotando uma filosofia que privilegia o desenvolvimento sustentável.

As novas construções estão em conformidade com o selo Suíço de qualidade Minergie®, essencial para um edifício de tal envergadura. Elas se destacam pela utilização racional da energia, o envelope térmico de alto desempenho, a utilização de energias renováveis e a integração avançada dos processos industriais aos sistemas tecnológicos do edifício.

Mais de 2 mil pessoas trabalham na unidade Rolex de Biel e mais de 4 mil em Genebra, onde a marca é proprietária de sua sede e assegura a fabricação dos outros componentes, bem como a montagem final de seus relógios.
 
Topo
Mais Notícias:
31/01/2020 - Urwerk - UR-100 SpaceTime GunMetal
 
30/01/2020 - Alchemists - Cu29 - O relógio terapêutico
 
29/01/2020 - Bvlgari - Octo Finissimo Minute Repeater
 
28/01/2020 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine Thunderdome
 
27/01/2020 - H. Moser & Cie. - Streamliner Flyback Chronograph Automatic
 
20/01/2020 - Watches & Wonders Genebra - O SIHH agora é Watches & Wonders Genebra!
 
14/01/2020 - Greubel Forsey - GMT Sport
 
13/01/2020 - A. Lange & Söhne - Odysseus
 
07/01/2020 - Pedrozo & Piriz - Duplo Turbilhão Volante PP-01
 
10/12/2019 - Armin Strom - Minute Repeater Resonance
 
29/11/2019 - MB&F - Legacy Machine 101 Palladium
 
28/11/2019 - Panerai - Coleção Luna Rossa
 
27/11/2019 - Manufacture Royale - Micromegas Flying Tourbillon Micro Rotor Royale Bespoke
 
26/11/2019 - Only Watch 2019 - O relógio mais caro do mundo!
 
21/11/2019 - GPHG 2019 - Relógios & Relógios no Oscar da Relojoaria
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2020

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais