Adicionar aos Favoritos      Indique este Site terça-feira, 15 de outubro de 2019                                                                         
notícias
Clique para zoom
Horological Machine No. 1
Clique para zoom
O turbilhão elevado
Clique para zoom
O mostrador das horas
Clique para zoom
Detalhe da caixa e rotor
Clique para zoom
O HM 1 - frente e verso
Clique para zoom
O movimento do HM 1
Clique para zoom
Vista explodida do movimento
Clique para zoom
O mecanismo da reserva de marcha
Clique para zoom
Os quatro tambores de corda
Clique para zoom
Maximiliam Büssel e seus amigos

Clique nas imagens para visualizar as ampliações
MB&F - Horological Machine No.1

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007

Após 15 anos de experiência de alto nível em alta relojoaria, Maximilian Büsser deixou o mundo corporativo para criar sua própria versão de utopia, MB&F, um selo criativo baseado em um conceito fundamental muito simples: a cada ano, reunir um grupo dedicado de artesãos horológicos independentes, criadores e profissionais - todos amigos - para desenhar e construir uma obra-prima horológica radical e totalmente original.

Estimular equipes de indivíduos talentosos, com paixão e criatividade, creditando a cada indivíduo o seu papel essencial: isto propicia à MB&F sinergia para tornar-se muito maior que a soma de suas partes.

A MB&F encoraja cada membro do grupo a recuperar a sua perspectiva de mundo de quando era criança; é um parque de diversões onde eles se encontram com amigos que compartilham a mesma atitude de que tudo é possível.

Horological Machine No.1 - Uma máquina tridimensional que diz a hora

O designer Eric Giroud gastou centenas de horas para transformar os rascunhos de Büsser, criados a partir de 2003, no desenho final em 3D. O engenheiro de movimentos Laurent Besse, trabalhando juntamente com o relojoeiro independente e membro da AHCI Peter Speake-Marin, compreendeu o conceito radical de Maximilian Büsser e converteu-o numa obra de arte micro-mecânica.

A síntese da engenharia de Besse com as raízes da horologia clássica de Speake-Marin assegurou que, apesar do aspecto futurístico do movimento, sua qualidade e acabamento são fundamentados nos mais finos aspectos da alta relojoaria tradicional.

O que faz este movimento tão especial?

HM 1 abriga um movimento totalmente original com um desenho radicalmente novo - mas apenas 30 peças por ano serão fabricadas ao longo dos próximos 3 anos.

Embora o elemento técnico de maior apelo visual seja talvez o seu turbilhão sobre o mostrador, foram os quatro tambores de corda que dominaram o projeto e a construção do HM 1.

Dois deles no lado esquerdo são carregados pelo rotor, enquanto o par da direita, pela coroa. A energia é igualmente distribuída entre eles por um sofisticado trem de engrenagens.

Quatro tambores de corda em paralelo geram um torque menor em cada mola; com isto, diminuem o desgaste, melhorando o isocronismo e aumentando a longevidade do movimento. Isto, enquanto mantém um grande reserva de energia de 7 dias.

Uma estreita cintura

A forma básica do movimento são dois círculos sobrepostos com um vazio na estreita cintura abrigando o turbilhão. No extremamente limitado espaço disponível de cada lado daquele buraco aberto, os dois pares de tambores devem distribuir sua energia igualmente entre eles.

Como já mencionado, isto é realizado por um sofisticado trem de engrenagens; contudo, os barris não são os únicos sistemas mecânicos que necessitam de comunicação através daquela apertada passagem. As horas ao lado esquerdo devem ser sincronizadas com os minutos à direita, para a marcação do tempo e ajuste da hora. Isto exigiu o desenvolvimento de uma roda de grandes dimensões central posicionada sob o mostrador. Extremamente plana e polida, esta roda é engenhosamente apoiada entre duas camadas de rubis precisamente ajustados.

Um turbilhão central elevado sobre o mostrador cria seu próprio palco

Um turbilhão central de um minuto já é um mecanismo suficientemente complicado em sua posição habitual, isto é, alinhado ao mostrador, dentro do movimento. As Máquinas Horológicas, contudo, são estruturas tridimensionais; o turbilhão foi elevado, assim criando seu próprio palco central. Isto não apenas adiciona outro interessante nível ao mostrador, mas também permite a visão do coração do turbilhão, para que se melhor aprecie o meticuloso cuidado e atenção tomados em sua execução.

Tracionar o turbilhão de ambos os lados é outra grande inovação; as forças são aplicadas igualmente, reduzindo o torque e aumentando a longevidade do movimento.

A caixa... de volta para o futuro

Com uma construção modular, permite que cada parte possa ser independentemente manutenida. A despeito de sua complexidade, a extrema atenção ao detalhe na construção assegura que o HM 1 seja resistente à água a 30 metros.

Seu desenho lembra os mundos de fantasia dos filmes 20.000 Léguas Submarinas e 2001, Uma Odisséia no Espaço.

O mostrador... Três níveis e Múltiplas Dimensões

No mostrador se vêem as horas indicadas à esquerda; o turbilhão central elevado de um minuto; os minutos indicados no lado direito; e a reserva de marcha de 7 dias mostrada em um estrato superior no mostrador de minutos.
As duas pontes de safira no nível superior não apenas permitem uma visão clara e desimpedida de todas as indicações - as quatro colunas que as suportam desempenham o papel de abrigar os engenhosos cones de fixação do movimento à caixa.
A profundidade e complexidade do mostrador encorajam e recompensam uma visão oblíqua, já que há muito mais a ver do que simplesmente as horas. O braço único do galo do turbilhão, lembrando os antigos relógios de bolso de Breguet, permite uma visão ininterrupta do coração pulsante do movimento.

Especificações

Movimento:
Turbilhão central elevado de um minuto, horas e minutos separados, 7 dias de reserva de marcha, balanço com freqüência de 28.800 vph, automático, quatro tambores de corda em paralelo, 81 rubis (todos funcionais), 376 peças (incluindo os rubis).

Funções:
Horas e minutos em mostradores separados, indicador de reserva de marcha, turbilhão.

Caixa
Em ouro branco ou vermelho 18 K, comprimento 64 mm, largura 49 mm, altura 14 mm, resistente à água a 30 metros (3 ATM).

Cristais de safira no mostrador com tratamento anti-refletivo em ambas as faces, fundo com tratamento anti-refletivo em uma única face.

Mostrador:
Em prata/rutênio (prata) or rutênio/prata (cinza escuro)

Pulseiras & Fechos:
Couro de jacaré preto costurada a mão com fecho deployant personalizado em ouro 18 K, couro de jacaré marrom costurada a mão com fecho em ouro 18 K, chave de fenda dinamométrica sob medida para permitir a troca de pulseiras pelo usuário.

Os Amigos responsáveis pela Horological Machine No.1

Conceito: Maximilian Büsser

Desenho do Produto: Eric Giroud - Eric Giroud Design Studio, Genebra

Engenharia do Movimento: Laurent Besse e Patrick Lété - Les Artisans Horlogers, Le Locle

Consultor de movimento/Controle de Qualidade: Peter Speake-Marin - The Watch Workshop, Rolle

Fabricação do movimento: Walter Ribaga, Norbert Henriet e Hervé Schluchter - Dimier, Tramelan

Construção e produção da caixa: Serge Kriknoff, Dominique Mainier e Bertrand Jeunet - G.F.Châtelain, La Chaux de Fonds

Mostradores: François Bernhard - Nateber, La Chaux de Fonds

Ponteiros: Pierre Chillier, Isabelle Chillier e Guy Curioz - Fiedler, Genebra

Maximilian Büsser

Nasceu em Milano, Itália, antes de se mudar em tenra idade para Lausanne, Suíça, onde passou sua juventude; em 1991 formou-se com título de Mestre em Engenharia de Microtecnologia no Instituto Federal Suíço de Tecnologia, em Lausanne.

Seu primeiro empregador foi a Jaeger-LeCoultre. Durante seus sete anos na empresa, durante os anos 1990, JLC suas atribuições variaram de Gerenciamento e Desenvolvimento de Produto a Vendas e Marketing para a Europa.

Em 1998, aos 31 anos de idade, assumiu a direção da Harry Winston Rare Timepieces em Genebra. Durante sete anos, Büsser desenvolveu a companhia como uma respeitada marca de alta relojoaria, integrando o design, pesquisa & desenvolvimento e manufatura "in house".

Em Julho de 2005, Maximilian criou a MB&F (Maximilian Büsser & Friends). Seu objetivo com a MB&F é ter a sua própria marca, dedicada a criar conceitos horológicos radicais, trabalhando com pequenos grupos compostos de amigos muito criativos.
 
Topo
Mais Notícias:
09/10/2019 - Label Noir - Uma visita à sede da Label Noir
 
09/10/2019 - Label Noir - A visit to the headquarters of Label Noir (in English)
 
04/10/2019 - Jaeger-LeCoultre - Gyrotourbillon 3 Meteorite
 
23/09/2019 - Harry Winston - Histoire de Tourbillon 10
 
10/09/2019 - Bvlgari - Baselworld 2019 - Octo Finissimo Chronograph GMT
 
09/09/2019 - Bell & Ross - Nova coleção BR 05
 
04/09/2019 - Audemars Piguet - Millenary Frosted Gold Philosophique
 
03/09/2019 - Voutilainen - Baselworld 2019 - O excepcional 28ti
 
29/08/2019 - Montblanc - Em Xangai, a Montblanc lançou seus novos relógios femininos
 
28/08/2019 - De Bethune - Baselworld 2019 - DB21 Maxichrono Réédition
 
23/08/2019 - Jaeger-LeCoultre - Polaris Date
 
19/08/2019 - Cyrus - Baselworld 2019 - Klepcys Vertical Skeleton Tourbillon
 
16/08/2019 - Maximilian Büsser & Friends - Legacy Machine FlyingT
 
13/08/2019 - Greubel Forsey - GMT Quádruplo Turbilhão
 
08/08/2019 - Panerai - Sugestões de presentes para o Dia dos Pais
 
Topo
arquivo de notícias relógios & relógios
 
 

HOME  |   R&R  |   FÓRUM  |   LINKS  |   ESPECIAL 2007  |   ESPECIAL 2008  |   IMPRENSA  |   CONTATO  |   CONTATO
Relógios & Relógios © Copyright 2019

 
 
parcerias
 
 
 
 
redes sociais