Publicidade
Home  >  News Voltar

Audemars PiguetRoyal Oak Offshore Survivor Chronograph

06 de novembro de 2008
Royal Oak Offshore Survivor Chronograph


A coleção Royal Oak Offshore, da Audemars Piguet, nasceu em 1993 como um relógio de luxo de grande robustez, destinado à prática de esportes de ação. Desde então, inúmeras variações surgiram, mas o DNA original da coleção sempre foi mantido.

O novo Royal Oak Offshore Survivor Chronograph não nega esta herança genética. Todos os elementos que identificam a coleção permanecem: a caixa octogonal com 8 parafusos hexagonais de fixação do aro, a resistência à água a 100 metros de profundidade, o mostrador em relevo com o motivo "Méga Tapisserie" e a pulseira integrada à caixa.



Para assistir ao vídeo de apresentação deste novo modelo, clique no botão "Play" abaixo:





Contudo, ele leva a proposta da coleção às últimas conseqüências, com um design radicalmente esportivo e robusto, que dele fazem um relógio para o "sobrevivente" do ambiente hostil em que se tornaram as grandes megalópoles de nosso tempo.

Para cumprir sua missão, o "Survivor" está dotado de elementos como grande legibilidade, funcionalidade e precisão, além de uma arquitetura high-tech, com materiais ultraleves e resistentes que se ajustam à temperatura do corpo. O design, ergonômico e sofisticado, é acompanhado de um exclusivo movimento de cronógrafo automático, o Calibre AP 3126-3840.


Materiais de alta tecnologia

O titânio enegrecido tem lugar de destaque. Este material ultraleve foi escolhido para a caixa e elementos como botões e seus protetores, coroa e fecho da pulseira, bem como para o medalhão de seu fundo.

O titânio também foi usado na parte inferior do aro octogonal, enquanto a parte superior opta pela cerâmica. Esta se distingue pelas ranhuras verticais reminiscentes do característico acabamento acetinado da coleção Royal Oak Offshore.

A caixa, com sistema antimagnético, possui 42 mm de diâmetro e 15,65 mm de espessura.

A pulseira é feita de borracha vulcanizada, um elemento indispensável no mundo dos esportes radicais. Sua superfície granular em preto fosco acentua a aparência do tipo "camuflada" deste cronógrafo lançado em uma edição limitada de 1000 peças.


Formas e ergonomia

Cada detalhe foi meticulosamente desenhado para assegurar eficiência e leveza. As perfurações do aro deixam sua estrutura mais leve sem comprometer a resistência. Os botões perfurados equipados com uma trava de segurança asseguram um manejo amigável. De modo similar, a coroa de tamanho generoso, com laterais ranhuradas, bem como a borda da caixa denteada, facilita uma "pegada" rápida e segura neste instrumento excepcional. A forma cônica dos botões garante uma ativação instantânea das funções do cronógrafo, enquanto os ponteiros vazados, os marcadores de horas luminescentes e o contador de pequenos segundos prateado garantem ótima legibilidade durante o dia ou à noite.


Um movimento bastante exclusivo

O Royal Oak Offshore Survivor abriga o exclusivo movimento automático Audemars Piguet Calibre 3126, com 60 horas de reserva de marcha. Entre suas principais características estão uma ponte do balanço com dois apoios, para reforçar a estabilidade do movimento; mecanismo de parada do ponteiro de segundos para facilitar o ajuste da hora; balanço "free-sprung" de inércia variável; correção rápida de data com sistema de segurança para evitar danos quando o ajuste ocorre próximo à meia-noite; rotor bidirecional em ouro 22 K montado sobre rolamentos.

Sobre este calibre-base, é integrado o tradicional mecanismo 3840 de cronógrafo, com ponteiro central, contadores de 30 minutos e 12 horas. No total, são 365 peças e 59 rubis.

BRANDPARTNERS